Uma sessao de Estimulacao magnetica transcraniana no cortex prefrontal direito reduz a abstinencia de cocaina
CAMPRODON Joan Albert (1) ; MARTINEZ-RAGA José (2) ; ALONSO-ALONSO Miguel (1) ; SHIH Mei-Chiung (3)
Drug and alcohol dependence 2007, vol. 86, n o 1, pp. 91-94

Antecedentes: A dependência de Cocaína é um problema de saúde pública que afeta milhões de pessoas nos E.U.A. A abstinência (?fissura?) é um fator preditivo do posterior consumo de cocaína e está relacionada a mudanças na atividade cerebral em redes envolvendo o córtex pré-frontal. Métodos: Nós investigamos a eficácia de uma sessão de estimulação magnética transcraniana repetitiva (rTMS) de alta freqüência para reduzir a abstinência em viciados em cocaína. Seis pacientes foram submetidos a duas sessões de 10 Hz rTMS no córtex dorsolateral pré-frontal (DLPFC) esquerdo ou direito. Antes, imediatamente após e 4 h após a rTMS nós medimos a abstinência usando escalas análogo visuais. Resultados: A rTMS Direita no DLPFC reduziu a abstinência significativamente ao longo do tempo (F (2,10) = 11,07, p = 0,0029). A redução foi de 19% (13.4-24.6%) relativamente à linha de base e desapareceram após 4 h. A interação do tempo pelo sitio de estimulação para também foi significativa (F (2,25) = 6,13, p = 0,0068). Conclusão: Uma sessão de 10 Hz rTMS sobre o CPFDLD (córtex pré-frontal dorsolateral direito), não aboliu, mas transitoriamente reduziu a abstinência de cocaína em indivíduos dependentes. Estes resultados salientam o potencial não-invasivo de neuromodulação como um instrumento terapêutico para o vício de cocaína.



CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA ACESSAR RESUMO ORIGINAL
http://emtr.com.br/noticia126.htm


Voltar

 

Eletromagnetismo

Bioeletricidade
em Psiquiatría