DEPRESSÃO PSICÓTICA X ESQUIZOFRENIA: O DIAGNÓSTICO CORRETO É FUNDAMENTAL: RELATO DE CASO
Cohen, Roni Broder (1,2) ; Frasson Leme, M Antonietta (1)
Pôster - XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PSIQUIATRIA, 2002

1Centro Brasileiro de Estimulação Magnética Transcraniana


Resumo
Introdução: A Depressão Psicótica é uma condição clínica grave. Nesse relato de caso focalizamos uma paciente com diagnóstico de esquizofrenia catatônica que vinha sendo tratada há 6 meses com neurolépticos, evoluindo com piora progressiva. O exame clínico minucioso, incluindo recursos da Estimulação Magnética Transcraniana (TMS), permitiu o tratamento com remissão completa. Quadro Clínico: Feminina, 35 anos, casada, chegou ao serviço por iniciativa dos familiares. A suspeita diagnóstica, a entrevista através do SCID e a avaliação dos limiares motores corticais com a TMS ? padrão depressivo=inversão da lateralidade hemisférica, confirmaram o diagnóstico de Depressão Maior. Vinha em uso de ziprazidona 80 mg/d e biperideno 4 mg/d. HAM-D=24 e Beck=35 Tratamento: Iniciou com TMS de baixa freqüência sobre o córtex pré-frontal dorsolateral direito (1 Hz, 1600 pulsos) durante 10 dias. Foi orientada redução progressiva da medicação em uso. Continuou com TMS de alta freqüência sobre o córtex pré-frontal dorsolateral Esquerdo com aplicações diárias até a 20a sessão. Resultados: A resposta terapêutica significativa (redução ≥ 50% das escalas comparada ao valor basal) ocorreu a partir da 10a sessão e a remissão completa (HAMD=5) na 15a . Mantida com aplicações semanais de TMS há 6 meses. Conclusões: O exame clínico minucioso, incluindo a detecção de um padrão de excitabilidade cortical depressivo, permitiram o tratamento adequado e uma evolução satisfatória.


1Centro Brasileiro de Estimulação Magnética Transcraniana
Rua Itambé, 341 casa 12 Higienópolis 01239-001 São Paulo SP
tel (11) 3256-0145 tel/fax (11) 3255-7537
dr.broder@uol.com.br http://www.transmagnet.med.br

Voltar

 

Eletromagnetismo

Bioeletricidade
em Psiquiatría