UMA COMPARACAO CONTROLADA DA ELETROCONVULSOTERAPIA E A ESTIMULACAO MAGNÉTICA TRANSCRANIANA NA DEPRESSÃO MAIOR NÃO PSICÓTICA SEVERA E RESISTENTE
Nahas Z, Kozel FA, Li x, Anderson B, Georg MS. Brain Stimulation Laboratory, Department of Psychiatr
Biol Psychiatry.2003 Feb 15;53(4):324-31.

OBJETIVOS: Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (rTMS) tem mostrado melhorar os sintomas da depressão. Nós projetamos e realizamos o seguinte estudo do córtex pré-frontal esquerdo na rTMS para determinar a segurança, a praticidade e a potencial eficácia do uso da TMS no tratamento dos sintomas depressivos da desordem afetiva bipolar (BPAD). MÉTODOS: Nós selecionamos e registramos 23 pacientes deprimidos BPAD (12 BPI estado deprimido, 9 BPII estado deprimido, 2 BPI estado misto). Os pacientes foram divididos aleatoriamente para receber diariamente rTMS pré-frontal esquerda (5 Hz, 110% do limiar motor, 8 segundos de estímulo, 22 segundos de espera, durante 20 minutos) ou placebo cada dia da semana por duas semanas. O limiar motor e as escalas subjetivas foram obtidos diariamente, e a escala de avaliação para depressão de Hamilton (HRSD) as escalas de avaliação para comeco de mania (YMRS) foram preenchidas semanalmente. RESULTADOS: A estimulação foi bem tolerada sem eventos adversos significantes e sem indução de mania. Nós falhamos em achar uma diferença estatisticamente significante entre os dois grupos no número de respostas antidepressivas (declínio >50% em HRSD ou HRSD <10-4 verdadeiro e 4 placebo) ou a média de mudanças HRSD da linha de base acima de 2 semanas (t= -0.22 , p=0.83). rTMS verdadeiro, comparado com rTMS placebo, produziu uma tendência, ,mas não estatisticamente significante, à melhora no humor nas avaliações subjetivas diárias pós-tratamento (t=1.58, p=0.13) O limiar motor não teve uma mudança significativa depois de duas semanas de tratamento ativo (t=1.11, p=0.28). CONCLUSÕES: rTMS pré-frontal esquerdo diariamente parece seguro na depressão de sujeitos BPAD, e o risco de induzir à mania em sujeitos BPAD com medicação é pequeno. Nós falhamos em descobrir efeitos antidepressivos estatisticamente significantes de rTMS melhores que o placebo. Estudos futuros são necessários para investigar melhor o principal papel, se existir, da rTMS na depressão BPAD.

Voltar

 

Eletromagnetismo

Bioeletricidade
em Psiquiatría